Seguidores

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Flores tem cheiro de sorte

Vanusa " a florista de Varsóvia" como ficou conhecida, aterrorisou a capital polonesa na decada de 40, atraindo homens de toda parte do mundo para o show de sua casa noturna; onde o numero principal era Vanusa depois da meia noite fechar as portas de seu estabelicimento e transar com todos que tivessem ali dentro, sem excessão.
Porem durante o sexo a buceta de Vanusa se fechava como por encanto e extirpava o membro dentro de sua buceta, fazendo nascer no lugar do pênis um ramalhete de flores que exalavam o odor de lavanda.
Vanusa " a florista de Varsóvia", morreu em 1991 no centro oeste do Acre Medieval onde vivia ao lado de seu grampeador vermelho, favorito.

Um comentário:

érico ferrari disse...

sinto falta de sortes, uns tem tanto e outros tao pouco, será que tenho sorte média, ou preciso de um penis em flor?