Seguidores

sexta-feira, 11 de abril de 2008

O INIMIGO


Eram 16:44 h de uma quinta feira do mês de agosto como de costume Karine acabará de levar o lixo para fora e aproveitou a descida de seu apartamento para ir até o mercado comprar um perfume qualquer barato. Já a alguns anos Karine abandonara as bebidas alcoólicas em troca de perfumes e solventes pois o álcool das cachaças em geral não mais faziam efeito. Karine era muito bonita, ruiva de cortina e tapete, magérrima e bem alta, foi modelo durante anos, mas hoje aos 29 anos já não desfila mais, apenas gasta a fortuna arrecada durante os anos como modelo, com drogas, e sexo.
Após sair do mercado com um vidro de perfume, duas garrafas de desinfetante e um vidro de lustra móveis, pegou um táxi e pediu para que a levasse até uma igreja. Naquele horário e dia a igreja se encontrava vazia, caminhou até os primeiros bancos acendeu um baseado e pouco a pouco foi tomando, hora um gole de lustra móveis, hora um gole de perfume, estava aguardando um padre com quem queria conversar, como o mesmo estava demorando pra aparecer, ela levantou e foi a sua procura.
Adentrou na sacristia e se não estivesse bêbada não acreditaria no que via. Quatro freiras totalmente nuas com os corpos pintados com imagens de bicicletas e guarda-chuvas. Duas estavam uma chupando a buceta da outra e as outras duas uma masturbava a outra com um enorme chifre de boi de mais de 1 metro de comprimento. O dois padres também se encontravam pelados e somente com grandes crucifixos em seus pescoços, os padres possuíam enormes pintos com bem mais de 23 centímetros cada um. Um deles enfiava o pinto no cu do outro enquanto esse contava dinheiro, o qual era guardado dentro do ventre de uma mulher que estava amarrada sobre uma mesa e sobre efeito de tranqüilizantes com a barriga aberta expondo todas suas vísseras e excrementos. Karine ao ver aquilo secou de uma só vez sua garrafa de solvente e ficou pensativa, mas não titubeou arrancou toda sua roupa e pôs-se a participar do formoso bacanal chupando loucamente a buceta de todas as quatro freiras que gritavam como uma seriema, depois disso fez um Anal Fisting - Com a Mão Atolada nos cus dos padres que adoravam e gozaram jarros e mais jarros de muita porra, que foi coletada no cálice e servido juntamente com alguns cachorros dálmatas esquartejados ainda estavam vivos. Era a celebração da vida. Mas algo inacreditável estava por acontecer. Depois de todos satisfeitos e depois de costurarem a barriga da mulher com todo dinheiro dentro, já estavam marcando outra data pra mais uma nova celebração ali mesmo na sacristia, pois adoraram a inesperada participação de Karine. Mas de repente, não mais que de repente, Karine começou a sentir uma sensação estranha dentro de si. Ela jamais imaginou que a combinação perfume barato + solvente + lustra moveis + porra de padre e freira + carne crua de cachorro daria origem a um ser dentro de si. Um ser tenebroso que mastigou todas as entranhas de Karine saindo por sua larga buceta. Todos ficaram chocados com tal criatura, tinha olhos quadrados e brancos como a neve do alto do Himalaia possuía 89 dentes pontiagudos como um serrote de um velho marceneiro e na ponta de seu enorme rabo tinha um potente guarda-chuva para que não molhasse seu reluzente pêlo dourado.
Depois que saiu da buceta de Karine o mostro deu uma sacudida pra se livrar das sujeiras foi para frente do espelho da sacristia alisou seu enorme pelo dourado enquanto fumava um cigarro que achou na gaveta do padre. Feito isso virou-se e com uma cantiga mágica hipnotizou as freiras, Karine, a mulher com a barriga de dinheiro e os padres, fazendo-os que dançassem a sua doce melodia, agora já passava das 18:00 h e os fiéis encontravam-se na igreja para a celebração da missa, foi quando o monstro subiu o altar e começou a cantar hipnotizando todos os fiéis, quando todos estavam em transe o monstro ordenou-os para que com um enorme tonel de margarina que o mostro fez surgir, todos se despissem e se lambuzassem de margarina depois de lambuzados um enfiava a cabeça no cu do outro. Quando todos estavam com a cabeça dentro do cu do respectivo colega, o mostro, num passe de mágica faz a junção de todos transformando-os numa só criatura, que foi batizada de Baltazar, com poderes sobrenaturais e vigor sexual indescritível.
Mas depois de criado Baltazar sabia que tinha uma missão, a mais importante missão de sua vida. Com uma mágica ele transformou a igreja numa nave interplanetária e seguiu rumo ao longínquo planeta onde Maciel “o pestilento” é o soberano senhor. A missão de Baltazar era exterminar Maciel de todo universo para todo o sempre.
A maior batalha que o universo viu estava pra ser travada.
Mas isso será contado numa outra ocasião.

9 comentários:

allan disse...

História emocionante realmente.

Nada de ficção - Será que Baltazar é o inimigo incomensurável de Maciel, O Pestilento?!

Leonardo Levi disse...

Verteu-me lágrimas de emoção ao ler tão grandiosa epopéia. Estamos todos ansiosos para descobrir qual será o final da saga...

Shalders, Pedro. disse...

coração espera ansioso pelo desfecho de tão maravilhosa ode ao espirito da escatologia.

lincolnpsi disse...

a combinação certa dos elementos certos, num passe magica e com um pouco de sorte, essa criatura merece ser retratada com mais detalhes... o combate sera grande... maciel ,o pestilento, q se preprare , vamos fazer um bolão , quem da mais? quem aposta no pestilento?
quem aposta no baltazar?

Paule disse...

E o futuro Depois dos reclames do plim-plim!

girafapegandofogo disse...

Baltazar! formidável!

Monitor LCD disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Monitor de LCD, I hope you enjoy. The address is http://monitor-de-lcd.blogspot.com. A hug.

A Prisioneira disse...

Estou tão emocionada, que me faltam palavras...
Sem duvida alguma, uma brilhante história!

Santa Maria disse...

É, poderosa a Karine! Assim como St. Maria que dera à luz a um ser único, tal fez Karine.